A cultura do Vento

Perceba o sopro da Natureza
Abro a janela do meu apartamento à prova de ruídos sonoros para escutar o barulho das ruas e, sobrepondo-se ao som de um ou outro motor e pneus rolando no asfalto, escutei prevalecer o sonar do “fuurin”, antigo ornamento que ressoa ao vento, suave mas intenso,  deste final de Primavera.
Ele é parte das criações de um povo que aprendeu a interagir com a natureza de seu território insular. Anunciando a força dos ventos, o “fuurin” é um simples sino que, balançado pela ventania produz um ressoar metálico cintilante.
A onomatopeia “fuurin, palavra de origem mandarim, note-a pronunciando pausadamente, antecipa a chegada de tufões às donas-de-casa, que apressam-se em recolher roupas do varal e vasos dos jardins.  Esta campanela ao vento é um objeto típico do país dos ventos, o Japão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s